sábado, 8 de setembro de 2012

8 de Setembro de 2012


Pra que não sabe, minha mãe é artesã. A associação, organizadíssima, tem autorização para usar a praça Angelo Piazera para fazer feira de segunda a sábado nas duas primeiras semanas do mês, e sextas e sabados das outras semanas. Hoje, sendo sábado legal, a feira vai até as 17h, mesmo horário do comércio local.

Justamente nesses sábados legais tem mais movimento na rua, consequentemente, mais gente vai pra praça divulgar suas escolas de dança se apresentando por lá, bandas vão tocar na frente do museu e etc, bem bacana, bem bonito. E hoje tambem foram divulgar a Shützenfest, nossa festa alemã de outubro (yes, nós temos festa alemã!). 

Todo esse alvoroço de gente chama a atenção de um certo tipínho: político em campanha.

Eu não estava lá cedo, mas soube que teve bandeiraço e etc dos candidatos. Até aí tudo bem, eles geralmente dão uma volta no calçadão e vão embora. Acontece que a galerinha de umA certA candidatA (ok, todo mundo sabe que a única candidata mulher é a Cecilia Konell, inclusive a única candidata ficha suja) não foi embora, muito pelo contrário, ficou fazendo volume ali na praça. 

E aí nós temos dois problemas: primeiro que tinha gente demais na praça e quem tava passando pelo calçadão nem tinha como  entrar na praça pra ver as barraquinhas, e segundo, e muito mais grava, é que, como tinha sol e tava calor, os folgados amigos da nossa candidata ficaram na sombra da barraca da minha mãe, a ponto de colocar cadeira na frente da barraca, se apoiar na mesa dela pra tirar fotos e tal. Ninguem conseguia chegar perto da barraca da minha mãe pra ver os produtos dela, e os folgados nem davam bola. 

Ora, os artesãos que ali estavam eram os únicos que estavam realmente trabalhando e ainda vem um bando de sem noção atrapalhar? Faça-me o favor!


Folgado aproveitando a sombra pra mexer em seu iPhone

As 11h minha mãe resolveu desmontar, pois a situação estava insuportável. Achei engraçado uma mulher, com um baita adesivo com o número 55 no peito, ainda vir perguntar se a feira acabava mesmo assim tão cedo. Minha mãe respondeu: "Não acaba cedo, eu que estou indo embora pois não posso trabalhar com vocês aqui me atrapalhando".

Começamos a desmontar tirando a lona de cima, geralmente é uma das últimas coisas a ser feita, e foi o suficiente pro bando de urubus sair dali. Mas claro, pra isso ainda tive que pedir que por favor me dessem licença pra poder desmontar a barraca, caso contrário, teria batido com a armação na cabeça de alguém.

Enfim, é isso, apenas um desabafo. Tudo bem os candidatos irem pras ruas, mas não precisam (não devem) atrapalhar quem tá trabalhando. Já era contra a candidatura da Cecilia, agora então...

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Comerciais bacanas

Oi, tudo bem? Espero que sim, pois eu estou legal.
Tava aqui hoje no trabalho de boa, aí passou um carro anunciando uma loja nova na rua Arapuã (a maioria das ruas aqui tem nome de pássaro, tipo codorna, albatroz, pavão, etc...) e adivinhem do que eu lembrei? Sim, das lojas Arapuã e do seu jinglezinho bacana:


Aí resolvi dar mais uma olhada em comerciais antigos e achei um vídeo bem legalzinho com 10 comerciais bacanas (uns nem são tão antigos assim, mas são engraçados, então tá valendo)


Inclusive, faltou o do pizza com guaraná, amo/sou esse jingle


Mas o melhor vídeo que eu achei foi o de uma coletânea de comerciais do Carlos Moreno, a.k.a. Garoto Bombril

Simplesmente genial.

Vendo esses comerciais mais antigos dá saudades do tempo em que as marcas se preocupavam em fazer jingles bacanas que grudavam na nossa cabeça o dia inteiro ao invés de paródias toscas de músicas famosas (que geralmente são ruins).

Que delícia matar as saudades dessas coisas velhas.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Duelo de Bandas #3...

...ou quase isso.
Tenho andado meio anos 80, não liguem e escolham:

Michael Jackson


vs.

"Weird Al" Yankovic


Escolha difícil, essa.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Breve reflexão sobre a Libertadores.


Eu não gosto de futebol. Não tenho nada contra o esporte em si, e acho legal os caras que se reunem no final de semana pra jogar uma partidinha. Mas torcedores me irritam. Pra mim, torcer pelo time A, B ou C é como gostar de azul, amarelo ou vermelho. Algo pessoal, e ninguém tem nada a ver com isso. Adianta discutir se amarelo é mais bonito que azul ou vermelho? Não. Adianta discutir se o time A é melhor que o B ou o C? Não. É uma questão de opinião apenas. Porque mesmo que o time C seja realmente melhor que o A, um torcedor do time A jamais vai aceitar isso. Então alguem por favor me responda: pra que brigar? Pra que discutir algo que não vai levar a lugar nenhum? Por que algo que deveria ser saudável acaba gerando violência? Não consigo entender.

Hoje é a final da Libertadores. Estou cansada de ver imagens postadas por torcedores de outros times a favor do Boca. Mas que porra você tem que se meter nisso? Seu time PERDEU, recolha-se a sua insignificância. Pra que torcer contra o único time brasileiro que conseguiu chegar lá? Vá torcer para o seu time e não enche o saco! Que tipo de torcedor fanático e orgulhoso é você que se dá ao trabalho de ficar postando imagens a favor de outro time? "Ah, não é que eu ame o Boca, apenas odeio o Corinthians." Pois isso pra mim é R E C A L Q U E.

E hoje é dia de distribuir unfollows e unsubscribes pelas redes sociais.
Por uma rede social para torcechatos de times de futebol.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

A viagem pra SP

Esse final de semana, pra quem nao sabe, rolaram os show do cultura Inglesa Festival, no Parque da Independência em SP. Eu fui. E vou contar como foi toda a viagem.

Saí de Joinville as 00:20 de sabado, e claro que quase nao dormi na viagem. Cheguei em SP as 8:30 da manhã, e o Henri ja tava la me esperando pra me levar pra casa do Caio, em Jaçanã, famoso bairro da cidade de São Paulo:


Fiquei por la ate umas 16h e depois "parti pra um rolê na Augusta" (to pegando o jeito), pra ver um show do Santa Morte HC e encontrar o lindo do Bacon Frito (que eu nunca conseguirei chamar pelo nome, apenas de bacon).

(Esse foi o show da semana anterior, mas da pra ter uma ideia de como foi)


O show foi muito bacana e aprendi um novo estilo de dança chamado 2step. Meio perigoso, porém muito engraçado. Estou aqui treinando para o proximo show.




Note a influência da capoeira sobre a dança.

Depois disso, fomos comer pra poder beber (beber de estômago vazio = morte). Entre comer e ir pra algum lugar beber, topamos com uns caras na Av. Paulista fazendo cover de Michael Jackson, muito bacana. Ficamos quase uma hora la assistindo, sério. 


Pena que não achei nenhum vídeo desse sábado, tinha um tio mutcho loko lá aloprando, e uma mulher, que tava acompanhando os meninos, ficava rebolando do lado da caixa de som. Uma hora ela não se aguentou e foi dançar la com um deles, doidona. E hoje descobri que eles já ate apareceram na tv, olha que legal!


Depois desse show super bacana, fomos ao Kabul, um pub que tava tocando Jorge Ben Jor e afins e a galera tava sambando e tal, fato incomum pras bandas de cá. Porem eu e Henri achamos um sofá e dormimos :P praticamente nem bebemos nada. E zoamos muito a guria que tava numa mesa perto do sofá. Tinha uma mesa livre do lado da mesa dela, e quando a gente chegou ela já foi falando que ela tinha reservado e tal. No fim, descobrimos que ela tinha reservado 3 mesas, uma ela já tinha liberado pra um outro pessoal usar antes de a gente chegar e a outra, que ela não nos deixou usar, o garçom levou pra um outro pessoal que tava precisando, e era aniversario dela, ela convidou uma galera, reservou 3 mesas e só duas pessoas foram. Imagine como deve ser querida uma pessoa assim.
enfim, ficamos la cochilando no sofá ate a hora em que o metro abre. Fui em casa pegar minhas coisas e fomos pro Cultura Inglesa Festival.

Chegamos na fila por volta das 10h. Os portões foram abertos logo que a gente chegou, e entramos bem rapidinho. Finalmente pude deitar um pouco, coisa que eu não fazia desde sexta feira. O dia tava lindo, sol e friozinho, e o parque, que eu ainda não conhecia, eh muito bonito, com muita grama pra gente ficar deitado.
O festival foi bacana, apesar de eu ter dormido uma boa parte do tempo devido ao cansaço, varias bandas que eu  não conhecia porem gostei de conhecer, e único lugar do mundo em que pudemos ouvir The Smiths em ritmo de tecnobrega:


Curti bastante o show do Garotas Suecas, que tocaram The Rolling Stones, e achei essa tal de We Have Band legalzinha também. O show principal, do Franz Ferdinand, tava foda também, pena eu não estar me sentindo muito bem na hora (uma hora eu ia acabar sentido o efeito do cansaço, pena que foi na hora errada), e triste sair no meio do show pra poder comer antes de pegar o ônibus de volta pra casa.


Sobre o tumulto, quase nem deu pra perceber que ele estava acontecendo, na verdade. Vi que a galera tava batendo nas placas de metal que colocaram em volta do parque, e pouco tempo depois escutei estourar a bomba de efeito moral. Tinha muita gente pulando a cerca e entrando, o que achei muita sacanagem. Quando o pessoal se acalmou, liberaram a entrada de novo. Não darei minha opinião sobre, pois não quero xingar ninguém.

Resumo de tudo: foi foda. E estou me achando foda por ter sobrevivido e ainda ter vindo direto pro trabalho hoje de manha, sem nem uma dormidinha antes.

Algumas noticias do festival na Rolling Stone, na Folha.com (1 e 2) e no Jornal do Brasil, e mais videos no canal no youtube da Cultura Inglesa.

Assoviando o tema do Marcelinho.

Todo mundo já deve ter visto pelo menos um vídeo do Marcelinho lendo contos eróticos, certo? Certo. Eu mesma sou super fã.
Tenho um amigo que também é, porem não sabe assoviar e vive triste por não poder assoviar a musica de abertura, tão amada por todos nós. Então, para mata-lo de inveja homenageá-lo, e também como homenagem ao lindo do Marcelinho, gravei o seguinte vídeo:




(Favor não ligar pra minha cara de sono, acabei de chegar de viagem. E sim, estou com certa vergonha de assoviar na webcam.)

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Duelo de Bandas #2

Um duelo diferente, entre musica original e sua ~~parodia~~ nacional brilhante. 


The Doors - Ligth my Fire


X

Angelica - Baby, bye que bye bye bye 



E ai, qual a sua escolha? =)

terça-feira, 17 de abril de 2012

O sonho dessa noite.


Não lembro como começa o sonho, mas sei que eu e boa parte da família por parte de meu pai estávamos reunidos para o casamento de alguma prima, não lembro qual. Alias, os noivos nem aparecem no sonho, ao menos não que eu me lembre.  Eu e minha madrinha, irmã do meu pai, estávamos na varanda de um restaurante, depois de ter jantado, com alguns parentes ao redor, conversando sobre estarmos precisando de sapatos decentes pra ir na festa, que seria logo. Eu estava com um vestido, que não lembro como era, mas lembro de ter sido elogiado, e uma sandália horrorosa, dessas que você usa pra ir no mercadinho da esquina e olhe lá, e minha tia, por algum motivo, também estava numa situação parecida (sapato não condizendo com a roupa/ocasião). Nós duas então combinamos de ir a alguma loja de sapatos pra resolver o problema (gravíssimo, por sinal), mas não deu tempo, pois estava na hora de ir pra festa. Ah, e olha que legal, eu estava acompanhada na festa (um milagre, pois sou a solteirona da família), só que: era o ex-marido da minha prima (ex em sonho, porque eles ainda são casados). E pra ir pra festa eu ia da carona com o filho dele (que é mais velho que eu, um gato, mas que nunca falou comigo direito). Na ida pro carro, não lembro por qual motivo, fiquei de encontrar com o pessoal que ia junto no carro e me desviei do caminho. Pra achar o carro eu liguei o GPS, e era uma coisa meio Silent Hill, porque o GPS mostrava o caminho por dentro dos prédios, e quando me dei conta, eu tava dentro de uma agencia da Caixa Econômica, obviamente fechada, porem com pessoas lá sentadas nas cadeiras de espera, que ficaram me olhando de um jeito meio sinistro e eu passei por eles fingindo que não tava vendo. A segurança do banco me acompanhou ate a outra porta e foi caminhando comigo e falando sem parar sobre evasão escolar, e disse "Sabia que 1% das pessoas que deveriam estar nas escolas estão na cadeia?" e ficou insistindo nisso. Lembro bem dessa frase porque ela repetia varias vezes, olhando nos meus olhos, indignadíssima. Ela me acompanhou ate avistarmos o carro, onde o meu primo, filho do meu namorado no sonho, estava me esperando, super simpático e tal. Ate perguntei o que ele achava de eu namorar o pai dele e ele disse que tava tudo bem, que me achava legal, etc. Lembro da mãe dele, minha prima, me partindo em pedacinhos com os olhos ainda no restaurante, mas o resto da família parecia nem se importar.

Enfim, é isso que eu me lembro.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Efeito da insonia

Ontem tomei muito café, muito. Como consequência, fiquei sem conseguir até por volta das 3:30 da manhã. Nessas horas de insonia, somada ao café, o cérebro funciona sem parar e passei boa parte de tempo pensando em como a matemática é simples mas nos é passada da maneira mais sofrida possivel, porque... Por que?

Por exemplo, um dos maiores grandes mistérios da matemática eram as raizes (quadrada, cúbica, etc...). Pois bem, veja o quanto é simples, com o exemplo da raiz quadrada:

Quantos quadrados tem em um lado de um quadrado formado por 9 quadrados?
Resposta: Raiz quadrada de 9.

Duvida?
1- Desenhe um quadrado e divida-o em 9 quadrados iguais, ou desenhe 9 pequenos quadrados de forma que formem um quadrado maior;
2- Conte quantos quadrados tem em um dos lados;
3- Calcule na calculadora mais próxima a raiz quadrada de 9;
4- Sofra por nao ter aprendido isso quando estava na quinta série.

O mesmo quadrado formado por quadrados pode ser usado pra calcular numeros elevados ao quadrado. 

Para o cálculo das outras raizes, basta incluir dimensões. Por exemplo, a raiz cúbica é em 3D, ou seja, basta (nao é facil, ok) desenhar um cubo formado por outros pequenos cubos, e assim sucessivamente. Minha mente, claro, se limita a raiz cubica, mas sempre tem um gênio que consegue ir muito além.

Bendito sistema de ensino que nos obriga a decorar ao invés de desenhar simples quadrados =(

quarta-feira, 28 de março de 2012

Duelo de Bandas

Que tal um duelo de três? A mesma musica interpretada de três formas diferentes e vocês me dizem qual preferem.

Pra começar, uma musica que eu gosto bastante, Just can't get enough, interpretada por Depeche Mode, Nouvelle Vague e The Saturdays.




vs.




vs.


(Incorporação desativada =T)

terça-feira, 13 de março de 2012

Back to The Future


Que LOCO isso! Claro que é coisa de um russo, né!

HEY! What's going on?


HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
E o primeiro comentario:

"First time: WHAT. THE. FUCK?!
Second time: Not bad.
Third time:HEYYEYAAEYAAAEYAEYAA!"

HAHAHAHAHAHA
Bem isso.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Caverna do Dragão

Caverna do Dragão, ou Dungeons & Dragons (D&D), é o meu desenho favorito disparado! Ele foi criado na década de 80 inspirado em jogos de RPG, mas passa na tv até hoje.

Uma coisa que eu não sei a respeito da série, apesar de existirem muitas teorias, é sobre o último episódio. Já li várias coisas a respeito na internet, mas não acredito em nada disso. E acho realmente uma pena que a série tenha sido cancelada (em 1985, mais ou menos).

E todo mundo sabe que o Mestre dos magos (Dungeons Master) chama cada um dos personagens pela sua habilidade, certo? Tipo, Bobby de bárbaro ou Diana de acrobata. Mas eu não sabia que a Sheila é a ladra da história, descobri hoje, assistindo a abertura original, que vou postar aqui, junto com um dos meus episódios favoritos.

A abertura original, sem cortes e áudio em inglês (mesmo que você não saiba nada de inglês vai entender, e eles falam bem pouco também):



Uma das teorias mais famosas e até aceitas por aí é a de que eles na verdade estão mortos, e dentro dessa teoria existem variações tais como eles estão no purgatório, ou no inferno e que o Vingador e o próprio Mestre dos Magos são demônios fazendo eles sofrerem, e que a Uni é tipo um capetinha que tá ali pra atrapalhar ainda mais a vida deles, etc. Fala sério, né.

O episódio que eu vou postar é o "A Cidadela das Sombras", que é o episódio em que a irmã do Vingador, Karina (ou Carina, não sei) aparece pra dar um alô.








Outra coisa que é discutida por aí é sobre a relação entre o Vingador e o Mestre dos Magos. Geral fala que o Vingador é filho do Mestre dos Magos. Eu não acredito nisso, acho que ele era um discípulo do Mestre dos Magos que se rendeu ao lado negro da força (rs), e se não me engano o Mestre dos Magos fala isso em algum episódio.

Mas o que é mais discutido no mundo todo sobre a Caverna do Dragão é o seguinte:

"Se o Vingador abrir as pernas o cavalo cai!" HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Essa galera....


Jumanji

Vamos falar de coisa boa, vamos falar do melhor filme da década de 90.
Impossível alguem não lembrar desse filme, que passou pelo menos 239475384 vezes na sessão da tarde. Então segue o trailer pra gente matar a saudade um pouquinho:




Não achei com legendas em português e achei sacanági botar sem legenda nenhuma, as legendas em espanhol até que dão uma ajudazinha pra quem não saca bulhufas de inglês.
E só agora que reparei que a menina é a linda da Kirsten Dunst.
E esse é o melhor filme do Robin Willians, disparado.
E o filme foi inspirado num livro, se alguem achar (e quiser me dar de presente) me manda, pfv.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Depressão pré-aniversário, quem nunca?

Hoje eu acordei triste. E fiquei o dia todo pensando em qual seria o motivo da minha tristeza. Não aconteceu nada que me deixasse triste e nem estou de tpm, então por quê?
Mais tarde, tomando banho, me dei conta que daqui a exatamente uma semana vai ser o meu aniversário. Eis o motivo de minha trsteza.
Acho engraçado isso acontecer sempre. Porque eu simplesmente já acordei me sentindo triste, não pensei que logo seria meu anoversário e aí fiquei triste, então é algo natural meu, e parece que sempre vai acontecer.
Essa é a época do ano em que mais reflito sobre a minha vida, ou seja, ao longo da semana ficarei ainda mais triste. É quando me dou conta que me arrependi de quase tudo o que fiz e de tudo o que não fiz. Que me frustrei com cada escolha e fiz escolhas sabidamente erradas para não me frustar. É quando percebo que sou triste por ser solitária, mas eu é que me afastei/afasto de todas as pessoas que conheço.
E por mais que eu diga "e aí galera, semana que vem vai ter cervejada" ou "já compraram meu presente?" ou coisas do tipo, na verdade eu estou mesmo triste, pensando que mais um ano se passou e pouca coisa mudou, que eu estou sozinha e no quanto eu gostaria que as pessoas lembrassem da data sem que eu ficasse fazendo piadinhas.
A verdade é que sou carente e frustrada. E, mesmo sabendo que é minha culpa, vou continuar reclamando sempre e ficando triste sempre.
Porque mais um ano se passou, e muito pouca coisa mudou.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Desenhos Animados #1

A geração atual que me desculpe, mas tenho que falar que os desenhos que passavem na nossa época eram muito melhores! Os desenhos de hoje em dia são feitos pras crianças de hoje em dia, portanto tem que ser mais modernos e interativos. Mas isso não os torna melhores. . Vejam bem, eu gosto de muitos dos desenho que estão aí (Ben 10 ♥), mas se você viveu na década de 90, veja esses desenhos e compare com os de hoje. Eu selecionei muitos e não vou postar tudo de uma vez pra não ficar cansativo demais. Espero que se divirtam relembrando os bons tempos...


Os Caça Fantasmas é um desenho ainda mais antigo, da década de 80, mas se eu cheguei a assistir (sou de 1990) então é porque passou na tv na década de 90 também. Sinceramente, é um dos meus favoritos, tanto o desenho quanto o filme. Mas também, como não amar?



O Fantástico Mundo de Bobby, esse sim era o meu favorito. Era um desenho realmente feito para crianças, parecia que era feito por uma criança, porque ele falava tudo o que nós pensávamos sobre os adultos Eu, pelo menos, me achava muito parecida com o Bobby.  O pai real do Bobby (e essa mistura do real com o desenho era fodástica) era o comediante Howie Mandel, criador da série e voz dos personagens Bobby e Howie Generic. O desenho teve 8 temporadas (1990 - 1998)!!!



Capitão Planeta. Quem nunca comprou aqueles chicletes que vinham com um anel de plástico colorido e brincou de Capitão Planeta, não teve infância. Achei interessante a menina da "União Soviética". Prova que o desenho é mesmo antigo. E veja o preconceito com os latinos, nosso poder era o mais palhinha =(



Em que lugar da Terra está Carmen Sandiego?  Esse desenho era incrível, eu sempre quis ser a Carmen Sandiego =( Inclusive tinha um jogo, lembram? Eu nunca consegui achar a Carmen, sou uma pessoa muito frustrada por isso...



Tiny Toon era uma loucura! Muitos personagens que faziam coisas sem sentido algum. Pra falar a verdade eu nem gostava de todos, mas amava a Felícia, que inclusive vive aparecendo em outros desenhos, tipo Animaniacs e Pink e o Cérebro (cujas aberturas postarei outro dia).

Migração de Arraias‏!!!

"As arraias parecem folhas gigantes flutuando no mar, milhares delas são vistas aqui se reunindo no litoral de México. A cena espetacular foi capturada quando essas criaturas magníficas fizeram uma de suas migrações semestrais em massa para locais mais apropriados.Deslizando silenciosamente embaixo das ondas, elas transformaram áreas vastas de água azul em ouro no norte da Península de Yucatan. Sandra Critelli, uma fotógrafa amadora, viu o fenômeno enquanto procurava por tubarões baleia. Ela disse: 'Foi uma imagem inacreditável, muito difícil de descrever. A superfície da água foi coberta por vários tons de ouro que pareciam uma camada de folhas de outono movidas pelo vento.' É difícil de dizer exatamente quantas arraias tinham, mas deveria ter milhares delas. Nós fomos cercados por elas e nós também podíamos ver muitas na superfície de água. Eu tive muita sorte de estar la para poder presenciar o melhor que a natureza tem para oferecer.' Elas medem até 7ft (2,1 metros). As arraias douradas também são conhecidos como arraias de nariz de vaca. Elas têm barbatanas peitorais pontudas que se separam em dois lóbulos na frente de suas cabeças altas que fazem com que elas pareçam com uma vaca. Apesar de poder dar ferroadas venenosas, elas são tímidas e não ameaçam ninguém quando se reúnem em grande quantidade. A população do Golfo do México migra em quantidade de at'e 10.000, que vai da Florida até Yucatan.”

Recebi esse texto e as fotos por e-mail há muito um tempo atrás, mas é isso aí. Se alguem souber a fonte, só falar que eu coloco aqui =)

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Especial: Spice Girls

Já que ontem eu falei da boyband mais famosa da década de 90, nada mais justo do que hoje falar da girlband mais famosa! Um grupo de 5 meninas bem diferentes: a loira gorda meiga, a ruiva maluquete, a gótica séria, a negra cool e a sapata esportista.
Elas eram lindas, despojadas, e todas as menininhas queriam ser como elas, se vestir com aquelas roupas lindíssimas e ter aqueles cabelos maravilhosos (na verdade todo mundo queria ser loira e meiga, mas não gorada, que nem a Emma). Ainda bem que passamos dessa fase, hein!
Separei as 5 músicas mais legais, na minha humilde opinião.

Move Over

ALOKA


Say you'll be there

WTF


Who do you think you are

Achei super ousado, Vic abalou 


Spice Up Your Life

Spice Wars  


Wannabe (If you wanna be my lover)

I'll tell what I want, what I really really want
 
E quem lembra do pirulito das Spice Girls? 


Era muito bom, e muito legal essa parte transparente em cima, que dava pra ver o desenho que tinha no chiclete que ficava no meio, e que era enorme por sinal.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Especial: Bakstreet Boys


Quem nunca gritou por esses lindos?
Pra falar a verdade, eu nunca. Sinceramente, só vi os clipes deles hoje, escolhendo pro post. mas eu fazia aulas de dança na época que era moda, e em aulas de dança só toca o que tá na moda, né.
Enfim, hoje eu descobri os nomes dos meninos e vi bem a cara deles. O Nick era muito pirralho na época, mas cresceu, hein! O AJ é careca hoje em dia hahaha. E o Kevin é o mais gato de todos com aquelas sombrancelhas que minha nossa! O Brian é o segundo mais bonito, e é ai que serei linxada por não dizer que o Nick é a coisa mais linda do mundo etc. Agora ele é, mas na época não. E o Howie é bonitinho, eu até pegaria mas não.
Enfim, vamos aos 5 vídeos de hoje.


Essa era a música que eu dançava, own ♥






Dica: assistir apenas os últimos dois minutos do clipe repetidamente.



As mina pira nos BSB.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Especial: Molejo

O especial de hoje é dessa banda tão queria, que mora no coração de todos nós: MOLEJÃÃÃÃO!!!

Andrezão, sabe a brincadeira que eu mais gosto?

Te ganhei no paparico, te papariquei ♪

Vai pra esquerda, vai pra direita, levante a poeira que essa dança é porreta!

It's a trap!

Vem dançar o bole-bole ♪

Adoleta, teta, teta!

Selv-selvice.

Eu sei que a gente nunca cansa de ouvir essas músicas tão lindas, mas gente, por hoje chega, né. Se quiserem mais, o que não falta é site com a discografia deles pra download ;)

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Divas no Divã

Então, esse vídeo tava aqui nos meus rascunhos e resolvi publicar. É de uma peça muito bacana, tem toda em vídeo e vale a pena assistir. Segue a melhor parte:


Eu sei que são 11 minutos, mas é engraçado, vai.

Axé Bahia

  Se teve uma coisa que fez sucesso de verdade na década de 90 foi o axé. A Bahia simplesmente invadiu o resto do país com suas mulheres semi-nuas (na época ainda sem bunda e sem peito), rebolando na cara da sociedade. E todo mundo achava normal. Inclusive eu.
  Aliás, nas festas da minha família, eu e minhas primas sempre ligávamos o som bem alto e dançávamos, e claro que as músicas favoritas eram as de axé, que tinham coreografia. Não sei se você já reparou, mas as pessoas tem uma tendência a preferir músicas com coreografia pra dançar. Deve ser porque ninguém sabe dançar direito, e copiar o dançarino do palco é mais fácil (a não ser que a música seja a dança do créu)
  O melhor CD de axé da época era o Axé Bahia, uma coletânea só com as mais dançantes lançada todo ano desde 1996. Entre esses todos eu escolhi o que, na minha opinião, é o melhor, com as músicas que eu mais dancei na vida, e vou postá-las aqui para vosso deleite.

1- A dança do bumbum - É O Tchan

Cheguei! Estou no paraíso! QUE ABUNDÂNCIA!!!!

2- Menina linda - Netinho


3- Melô do pirulito - Grupo Cafuné

Quem já chupou vai chupar mais!

4- Vai sacudir, vai abalar - Cheiro de Amor


5-  Maré Mansa – Timbalada


6-  Beleza Rara – Banda Eva

Conhecem essa mocinha?

7. Vai Subir Poeira – Pimenta Nativa

Não tenho muita certeza dessa, se estiver errado me avisem.

8-  Vermelho – Marcia Freire


9-  Pra Te Ter Aqui – Jheremmias
 Não achei, só vídeos ruins do Netinho e do Jammil cantando essa música, mas a versão orinal mesmo não existe no youtube ='(
 
10- Sanduiche – Companhia Do Pagode
 Também não achei =T o mais perto que eu achei é a dança do maxixe, que nem tem um vídeo legal pra eu por no lugar, uma pena.

11- Só Não Posso Ficar Sem Você – Banda Pike
 Não existem vídeos no youtube dessa banda...

12- Tic, Tic, Tac – Banda Eva

É nessa dança que meu pai balança e o bumbum de fora vem para brincar ♪

13- Fiu Fiu Fiti Fiu – Curta Metragem
 Wat? Também não existe... Tá difícil hoje =(

14- Carimbo Dance – Banda Pinote
Também sem vídeo.

  Bom, várias dessas músicas infelizmente não tem registro no youtube ou tem em qualidade ruim, mas elas certamente permanecerão para sempre em nossos corações. Aqui tem um link pra baixar os cds de 96 até 2010, caso queiram.
  E se alguem encontrar algum dos vídeos faltantes, pode mandar =)

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Ah, saudades do velho orkut...

Hoje eu vou falar sobre um assunto mais polêmico que mamilos: ORKUT!!!!!
Ultimamente só se ouve falar no quanto o orkut está ruim, e "volta pro orkut" virou forma de zoar as pessoas que zoam o seu facebook. Mas o orkut já foi bom um dia. Vou contar pra vocês minha experiência pessoal no orkut.

Sou do tempo em que participar de comunidades era legal, e era foda conseguir entrar para algum grupo. Eu, por exemplo, só fiz meu orkut mais tarde, 2006 mais ou menos, e a maioria dos grupinho já estavam formados. Mas eu ia lá nas comunidades e insistia em postar qualquer coisa que fosse, só pra poder participar. Eu tinha 3 comunidades favoritas no final, o Clube dos Malvados, Jovens Idosos e SOAD Brasil.

O Clube dos Malvados era a comunidade mais difícil de participar, porque todo mundo lá era mais velho ou muito mais velho do que eu, que tinha só 16-17 anos. Eles ficavam lá conversando sobre nada de interessante, e nem assim eu consegui me enturmar. Confesso que depois de um tempo parei de tentar, e só ia lá pra stalkear um cara que eu achava bonito.


Na Jovens Idosos eu postei bem pouco, é verdade. Lá as pessoas reclamavam (e provavelmente ainda reclamam) demais de suas vidas tristes, e de vida triste já basta a minha. Mas eles tinham um  msn group. E foi lá que conhecia a galera mais legal da J.I. mesmo. Inclusive, lá eu encontrei o cara do Clube dos Malvados que eu stalkeava. E assim, fiz vários "amigos virtuais" e uma das minhas amigas se tornou real e é uma lindinha ♥



Finalmente, a comunidade mais marcante na minha vida de orkuteira, a SOAD Br. Foi nessa comunidade que eu mais insisti, no começo porque foram idiotas comigo e eu queria retribuir (já explico) e depois porque passei a gostar mesmo de lá. Explicando: existia (existe ainda) um tópico chamado "Oque mais te irrita", tambem conhecido como OQMTI, onde já havia um grupo fechado de amigos, e eu observava eles conversando e queria fazer parte também. Mãs há um ritual de passagem para os paraquedistas virarem oqmtianos, e poucos sobrevivem: o empalamento. Empalar alguém na época seria como trollar alguem nos dias de hoje. E por isso fui MUITO zoada lá. Mas no fim, acabei entrando na brincadeira e fui sendo aceita aos poucos. E foi no OQMTI que fiz meus melhores amigos. Já foram na minha casa, já fui na casa deles. Até um namorado eu arrumei lá! Bons tempos...


Não sei como anda o orkut hoje em dia, confesso que faz tempo que não entro lá, mas acho que essa geração de hoje está perdendo o que o orkut tinha de melhor, que eram os encontros fora dele, os orkontros.

As vezes sinto falta daqueles tempos de orkut, porque mesmo que a gente seja enfiado num grupo do facebook, nunca mais vai ser a mesma coisa. Hoje em dia não consigo mais entrar lá. As pessoas já não digitam mais corretamente, é como se estivéessemos eternamente no ICQ, escrevendo de forma insuportável aos olhos. Triste.

R.I.P. Orkut.

PS: Entrei no orkut agora pra roubas as capas da comunidades e agora sei como está o orkut, mas prefiro nem comentar.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Hoje é dia de rock, bebêam!

Hoje eu separei aqui algumas músicas que a gente sempre cantarola quando finalmente fica de boa na lagoa. Algumas dessas bandas certamente deixaram saudades. Outras nem tanto... :P

Única música boa deles!


Participação especial: Snape.

Como não amar?

Chorei ='(

Hoje foi foda de decidir, mas tive ajuda dos lindos Ronei, do Angry Hour, e Gustav, do Nerdialidade e do Angry Hour também. Beijos, meus queridos!
E se alguém tiver alguma sugestão, ou quiser mandar algo pra cá, só entrar em contato comigo, viu, não precisa se acanhar.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Enquanto isso, no Brasil.

Já deu pra perceber que eu curto músicas velhas. Não sei, mas quando a gente fica velho, não parece que o que tínhamos na infância/ adolescência era muito mais legal? Não que eu esteja ficando velha, claro...
Enfim, fiz uma seleção variada só com músicas animadas, e aposto que todo mundo vai saber cantar todas as músicas!

Eu sei que você já assistiu esse filme!

Pode confessar que já ficou com dor no pescoço tentando imitá-los.

Quem nunca fez o LS Jack, Jack com a mãozinha, hein?
Oh iéis, oh iéis ♪

Agora, pra fechar com chave de ouro:
Olha o kibe!

Se você não dançou e cantou essas músicas, você não viveu no Brasil na década de 90.